12/04/2018

Recomendação de leitura O mágico de Oz

Livro: O mágico de Oz 
Editora: Zahar 

Estava um tempo sem fazer novos posts aqui mas hoje eu resolvi vir falar pra vocês sobre um livro incrível, eu nunca tinha lido O mágico de Oz. Quando era pequena eu acho que vi o filme não me recordo bem, mas sempre gostei muito de histórias de conto de fadas em geral, os clássicos "Era uma vez". No O mágico de Oz você vai viajar num mundo mágico e super diferente, tem espantalho que fala, leão que fala, tem homem de lata, tem cidade que é só verde, amarela, roxo, azul, bruxa boa e bruxa má! Vemos o homem de lata que quer um coração pois não consegue amar, o espantalho quer um cérebro pra poder pensar, o leão quer coragem pois se sente um covarde, eles vão em busca do mágico de Oz para ajudar eles, e você lendo essa história o tempo todo sabe que eles não precisam disso, eles já tem tudo que precisam, são cheios de amor e sabedoria e muita coragem em sua jornada com a Dorothy. É incrível a leitura, parece que você está junto de Dorothy na sua aventura inteira, boa parte é ela conhecendo todo aquele novo mundo completamente diferente de onde veio do Kansas, eu queria o tempo todo que ela morasse ali naquele mundo mesmo e não voltasse nunca mais, mas sua jornada é encontrar um jeito de voltar para sua cidade, ela foi parar em Oz após um ciclone que pegou sua casa. Terminei o livro e fiquei nossa, eu quero mais, quero ler mais sobre a Dorothy se aventurando por Oz! E claro já procurei outros livros sobre Oz.


Uma das frases que mais gostei:
"Um bom cérebro é a única coisa que vale a pena ter neste mundo, tanto para os homens quanto para os corvos." L. Frank Baum (O mágico de Oz)

O que eu tenho pra dizer é: Leiam! É um livro ótimo e cheio de aprendizado para nossa vida! ♥

01/04/2018

Feliz Páscoa!


Feliz Páscoa a todos que acompanham meu Blog! Já faz um mês que estou postando por aqui, e cada vez mais tenho gostado de postar *-* Pretendo postar muito mais! Eu fiquei uns bons dias sem postar, mas é porque meu notebook está estragado, assim que ganhar um novo vão ter bem mais posts!!  Nessa páscoa eu só to comendo um potinho de Nutella. Não gosto muiiito de chocolate e também eu não posso comer nada com Glúten >.< E vocês ganharam muitos ovos de chocolate? Como esta sendo a páscoa de vocês?

31/03/2018

Capa do mangá Re:Zero revelada

Como citei aqui no blog sobre o lançamento do mangá Re:Zero pela editora Panini, eu quero mostrar aqui pra vocês a capa completa que acabou de ser revelada! 
Vão ser dois volumes, o primeiro volume: Re:Zero -  Capítulo 1: Um dia na Capital. 
164 páginas.
O preço dele será de: R$15,90.

21/03/2018

Análise de O último adeus - Cynthia Hand

  
Livro: O último adeus - Cynthia Hand
Editora: DarkSide

Vou começar sendo bem direta: É um livro que mostra como as pessoas não conseguem aceitar o Luto. Ainda mais na adolescência e quando o alguém que morre é alguém próximo. É algo muito difícil, e todos nós sabemos ou um dia vamos descobrir.
O que vamos tirar de uma personagem principal (Alexis) que narra a história quando é teimosa, mente para os amigos, família, terapeuta e finge que está tudo bem? Só vamos tirar que ela precisa de ajuda, muita ajuda (você vai vendo isso nela enquanto lê o livro). Também vemos como a mãe dela lida com o luto: Começa um vício em álcool, se tranca no quarto, chora o dia todo, dorme na cama do filho falecido, sente o perfume do filho de vez em quando (como algo sobrenatural), etc. Ou seja, um outro modo de lidar com a morte de alguém. O pior que muita gente é assim e recusa aceitar isso, ou recusa a ajuda das pessoas. Mostra muito a realidade da nossa sociedade diante do luto, nisso o livro é bem bom, de mostrar como cada um tem seu jeito de lidar, como cada um sofre de um jeito nessa situação mas sempre começa pela "negação". A jovem Alexis fala bastante sobre o irmão, tem muitas memórias dele durante seu dia a dia e não consegue aguentar isso, sonha com ele todo dia, tem rancor do irmão pois não deixa uma carta para ela, começa até ver o irmão e pensa que está doida. Tem medo do que vão pensar dela, tem medo de tudo ao seu redor, não faz mais nada a não ser estudar. Se sente vazia e com constantes ataques de pânico. Eu pensei que a história fosse desenvolver mais na parte do "por quê do suicídio do irmão", e na verdade é uma história sobre o sofrimento da família (mãe e filha). Me enganei. Eu não gosto muito de livros assim, tem muito sofrimento e mexe comigo demais, além de ser maçante de ler, mas o final é interessante: Como depois de muita coisa tudo pode mudar, e que o tempo cura sim. 

"O tempo passa. É a regra. Independentemente do que aconteça, por mais que pareça que tudo em sua vida está congelando em um determinado momento, o tempo segue em frente." - O último adeus.

Postagens mais visitadas